Notícias

Hepatite C : diagnóstico

30/07/2015

Quem tem mais de 45 anos pode estar no grupo onde se estima que esteja escondida a maior incidência do vírus da hepatite C. A transmissão no país ocorreu mais por transfusão de sangue e procedimentos invasivos em hospitais ou clínicas usando material não descartável. A transmissão desse vírus é pelo contato do sangue de uma pessoa contaminada. Não existe vacina e, em 80% dos casos ela se torna crônica. O desenvolvimento é lento e, muitas vezes, não apresenta sintomas. É a causa de 25% dos casos de câncer de fígado. O exame para diagnóstico é feito por análise de sangue.

Dr. Eduardo M. Otani - Hospital Santa Maria de Goioerê - Fone: (44) 3522-1144.

Secondata