Notícias

A cada 20 segundos uma pessoa amputa o pé devido ao diabetes.

20/06/2016

Infecções ou problemas na circulação nos membros inferiores estão entre as complicações mais comuns em quem tem diabetes mal controlado. Quando as taxas de glicose permanecem altas durante muitos anos, a pessoa pode desenvolver o pé diabético. O problema é caracterizado por formigamentos nas pernas, perda da sensibilidade local, dores, queimação nos pés e nas pernas, sensação de agulhadas, dormência, além de fraqueza nos membros inferiores. Os sintomas podem piorar à noite, ao deitar. Geralmente, os sinais são negligenciados pelo paciente até o estágio avançado, em que aparecem feridas difíceis de serem tratadas devido aos problemas de circulação característicos do diabetes.

Dr. Eduardo M. Otani - Hospital Santa Maria de Goioerê - Fone: (44) 3522-1144.

Secondata